Novidades
 
Questionário do comportamento
    Cursos e Workshops

    A visão masculina da mulher apaixonante

    Através do olhar masculino, especialista na arte da sedução ensina às mulheres como é possível conquistar e ser conquistada, e manter um relacionamento. A mulher apaixonante é atraente, autêntica, seletiva. Dificilmente um homem se apaixona por uma mulher leviana, diz o especialista.
    FABIANO MAIA
    A mulher deve se mostrar difícil. É preciso conhecer a pessoa, conversar antes de ter qualquer contato físico". Grasieli Batista Amaral, 18 anos, vendedora, solteira.
    O que leva um homem a sair com uma mulher uma vez, duas vezes e, aparentemente sem nenhuma razão, desaparecer? Ao invés de ficar imaginando se ´ele´ encontrou uma outra pessoa, mais interessante, ou o que você deve ter feito de errado, talvez seja mais providencial pensar como homem para tentar entender os acontecimentos. Para esta tarefa, nada tão fácil, o especialista em sedução e conquista, Eduardo Nunes, facilita as coisas para as mulheres em seu mais recente livro: "O segredo das mulheres apaixonantes".

    Em entrevista ao Estilo, Nunes, que pesquisa há 20 anos a arte da sedução, garante que suas dicas são infalíveis. Ele costuma dizer que entende de homens e não de mulheres, portanto, saber o funcionamento da mente masculina é o primeiro passo para elas terem sucesso na conquista.
    Segundo o autor, em um relacionamento, o homem busca um complemento e não uma concorrente. "Fazer o escolhido se sentir mais homem ao lado dela e não querer ser mais homem do que ele é um dos trunfos da mulher apaixonante", confidencia.

    De acordo com o especialista, a mulher apaixonante é atraente, autêntica e seletiva. "Ao mostrar-se seletiva a mulher passa confiança. Dificilmente o homem se apaixona por uma mulher que é leviana com seus próprios sentimentos", explica.

    No processo de sedução, autenticidade é fundamental. A mulher que faz ´tipo´ achando que vai se dar bem está completamente enganada. "O homem se apaixona pela mulher que ela é e não por aquela que quer ser. É preciso adequar a ´embalagem´ ao que ela realmente é, ou seja, corresponder àquilo que ´vendeu´", alerta o autor.

    Saber negociar é outra característica da mulher apaixonante "A mulher que sabe o que quer atrai o homem. Quando ela tem seus objetivos bem claros não permite que o homem abuse e tenha atitudes que a desagrade. Além disso, essa mulher não tenta fazer o relacionamento dar certo com o primeiro homem que aparece e não perde tempo com sujeitos errados, o que é muito importante para a sua auto-estima e amor-próprio", ensina.

    Segundo o especialista, ao fazer escolhas erradas, a mulher perde tempo e "se queima" com outros homens com quem poderiam ter um relacionamento. Para conquistar o amado, Nunes diz que a mulher tem que ser melhor que as outras  que fazem parte de seu círculo. "E é aí que entra a negociação. Ela deve fazer com que ele perceba a mulher maravilhosa que a pretendente é." O que não funciona na arte da conquista é jogar, adverte o especialista. "Num jogo, alguém sempre perde. E um homem nunca se apaixona pela mulher que joga com ele."

    Medo - Segundo o especialista, os maiores medos dos homens são ´falhar´ e serem traídos. Portanto, conhecer o território em que está pisando faz parte da estratégia deles. "Paixão à primeira vista não existe para o homem. Ele resiste até ter certeza com quem está lidando. Isso é biológico", afirma.
    De acordo com o pesquisador, o homem se apaixona gradativamente. "Primeiro ele conhece, depois surge a atração, a admiração e a fascinação. Só depois disso, se apaixona."

    Neste período, qualquer deslize feminino pode ser fatal. A mulher ideal na visão dos homens, segundo Nunes, é aquela que encarna a amante, a mãe e a amiga, exatamente nesta ordem. "Primeiro ele vê a mulher, depois se pergunta se será uma boa mãe e companheira."

    O autor - Especialista em sedução, Eduardo Nunes iniciou sua atividade na área de relacionamento em 1989, quando realizava pesquisas que tinham por objetivo juntar casais das classes média e alta, por intermédio de um programa de televisão. O trabalho era feito com a ajuda de computadores que permitiam cruzar as informações tiradas de questionários elaborados por psiquiatras. Neste período, percebeu que as diferenças de expectativas de homens e mulheres dificultavam, quando não tornavam impossível, o relacionamento. A partir daí, começou a se aprofundar no assunto, unindo sua própria experiência à "confiança das informações fornecidas por seus amigos homens".

    O livro - Escrito sob o ponto de vista masculino, "O segredo das mulheres apaixonantes" traz informações valiosas sobre a forma de pensar e agir dos homens, além de dicas para as mulheres entrarem para o grupo das "apaixonantes" e terem o homem que desejam "aos seus pés". As informações apresentadas são resultado de 15 anos de pesquisa do autor com homens e mulheres, além de sua experiência na vida "diurna e noturn" em grandes cidades do Brasil, Europa, Estados Unidos e Argentina, e confidências feitas por seus amigos homens.


    "O segredo das mulheres apaixonantes", da editora Novo Século, é direcionado ao público feminino, com idade entre 25 e 50 anos. Desde novembro, o livro está à venda nas principais livrarias de todo o País. Eduardo Nunes também é autor dos livros "Sedução - Uma estrada de mão dupla" e "Seduzir - Onde tudo começa".